Black Friday: principais problemas para finalizar compras no e-commerce

Seja pela comodidade ou pelos preços mais baixos em relação às lojas físicas, o comércio eletrônico vem sendo a primeira opção de compra para os brasileiros. Esse crescimento do e-commerce está relacionado ao aumento da confiança dos consumidores, fator essencial no momento de decisão de compra.

Com a Black Friday, uma das datas mais importantes para o e-commerce, o faturamento cresceu de maneira exponencial, com impacto no número de pedidos e no ticket médio das lojas virtuais.

Um grande problema enfrentado nessa data é a desistência do carrinho de compras. Para ajudar na sua preparação, separamos alguns motivos que levam a isso e como revolvê-los.

1. Excesso de burocracia

Evite trazer burocracias para o ambiente digital, já que costumam ser tão presentes no dia a dia dos brasileiros. Ao requisitar o preenchimento dos dados dos clientes, tente facilitar esse ponto.

Inicialmente, solicite apenas informações necessárias para começar o relacionamento com o consumidor. Depois poderá requisitar outras informações, como endereço residencial e o CPF, que são obrigatórios para finalizar compras.

Analise qual o tipo de formulário de cadastro se adequa melhor ao seu negócio, levando em conta a taxa de conversão.

Utilize o recurso de salvar os dados de compras anteriores, isso deixará a finalização das compras mais ágil e facilitará futuras consultas por parte do consumidor.

2. Não salvar os dados

Oferecer a compra com “apenas 1 clique” melhora a experiência do consumidor e facilita o processo de compra. Com essa função, os dados dos clientes já ficam salvos e fica por conta do cliente escolher apenas o meio de pagamento que desejar.

O consumidor escolhe comprar on-line por causa da agilidade, então ofereça funcionalidades que cumpram essa função. Como nem todas as lojas virtuais utilizam o recurso de salvar os dados de compras anteriores, isso ainda pode se tornar um diferencial positivo para seu site.

Além disso, evite pedir que o consumidor preencha mais formulários do que o necessário ou que reenvie dados. Isso pode fazer com que desista da compra ou que diminua a confiança em a sua loja.

Como sabemos, a Black Friday está se consolidando a cada ano no Brasil, aproveite sua base e direcione as melhores ofertas para os seus clientes. Utilize seus dados de maneira a deixar mais personalizada a experiência de compra do consumidor.

Ofereça a opção de compra com “apenas 1 clique”, e também permita que o consumidor consiga navegar pelo seu site com um carrinho de compras em busca de mais opções para complementar sua experiência.

3. Navegação no carrinho de compras

Facilite todos os processos em seu site, principalmente a finalização das compras. Alguns sites eliminam a navegação no carrinho de compras para diminuir a distração no momento de finalizar o pagamento, mas nem sempre isso é o ideal.

Esse ponto pode ser válido se o lojista pretende diminuir a taxa de desistência dos carrinhos, pois a porcentagem média de abandono chega a 69%.  Porém, essa prática pode não ser muito viável para a Black Friday, pois o volume de visitantes aumenta consideravelmente. Nesse período o consumidor quer adquirir vários produtos de uma vez para justamente para aproveitar os baixos preços.

Portanto, mantenha livre a navegação pela loja, é possível incluir um lembrete de que ele possui algum item no carrinho, evitando que o consumidor o abandone.

Além disso, deixe sempre claro aos clientes informações pertinentes à compra para não o surpreender negativamente.

4. Informações confusas

Mantenha as informações claras em seu site e disponha o máximo de dados sobre as ofertas. Na Black Friday, em que o volume de visitantes e de vendas é muito alto, procure ter um cuidado ainda maior.

Informações como data de entrega e valor do frete devem estar sempre à vista do consumidor. Acaba sendo uma experiência desconfortável consultar o frete e no momento da finalização surgir um valor além do esperado, por exemplo. Deixe claro também a data limite que os produtos podem ser entregues.

Em datas com um alto fluxo de vendas, é comum que a entrega demore um pouco mais. Estruture bem a logística do seu e-commerce para organizar os prazos e valores, pois dessa forma ajuda a diminuir a ansiedade do consumidor em receber os produtos e ainda aumenta a confiança na sua loja.

Analise como está o desempenho do seu site para evitar problemas técnicos e faça manutenções frequentes. Esses pontos precisam ser verificados sempre que possível.

5. Problemas técnicos

A maioria das reclamações dos consumidores acontece por questões técnicas que influenciam no desempenho do site. Veja alguns problemas que podem atrapalhar ou impedir a finalização das compras no e-commerce.

  • site offline: se por algum motivo o site ficar fora do ar, seja para uma manutenção, procure avisar o consumidor por e-mail e também deixando claro na home do site; independentee se o site está com baixo ou alto volume de visitantes, ele precisa ficar o máximo de tempo on-line.
  • falhas na segurança: procure ter certificados de segurança em seu site de forma que fiquem visíveis para o consumidor, principalmente no carrinho de compras. Isso dará garantias de que o seu site é protegido e seguro.
  • erro ao finalizar o pedido: esse problema pode ser gerado pela má configuração do sistema de pagamento da loja, problemas técnicos na sua plataforma, ou outros fatores, como um carregamento lento.

Procure fazer manutenções regulares em sua plataforma e em seu servidor. A experiência do usuário no site será um fator de decisão no momento de finalizar as compras.

Prepare-se com antecedência para participar da Black Friday, essas dicas são essenciais para atrair e converter visitantes em consumidores. Organize a estratégia de vendas do seu e-commerce para corrigir os possíveis problemas e oferecer um bom desempenho aos seus usuários.

Fonte: https://www.ecommercebrasil.com.br

Deixe uma resposta